Tribunal Regional do Trabalho busca parceria da Agehab para distribuir 1000 cestas no residencial Nelson Mandela

Fruto de parceria inédita do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) com a Agência Goiana de Habitação (Agehab), moradores do Residencial Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz II, região Sudeste de Goiânia, foram beneficiados na sexta-feira (17/4) com a distribuição de 1000 cestas básicas arrecadadas por uma ação voluntária dos juízes e servidores do poder. A acão de distribuição das cestas contou com as presenças do presidente do TRT 18a. Região, desembargador Paulo Pimenta, e também do presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, que agradeceu em nome do Governo de Goiás a ação de solidariedade que levou ajuda emergencial para as famílias mais vulneráveis dos 20 condomínios que compõem o residencial, que foi construído pelo Governo de Goiás em parceria com o governo federal.

A distribuição das cestas às famílias foi coordenada pela equipe da Agehab, que desde a construção do residencial realiza trabalho social junto às famílias para fortalecer vínculos comunitários e promover a autonomia dos moradores, auxiliando desde a gestão condominial, questões de segurança à qualificação profissional para geração de emprego e renda. Eurípedes do Carmo elogiou a iniciativa do TRT, que aproveitou a semana de vacinação dos seus 1.500 servidores para deflagrar uma campanha para arrecadação de cestas: “Essa ajuda chega em um momento de muitas dificuldades para as famílias mais vulneráveis. Nossos agradecimentos a todos que contribuíram. Com certeza, trazem alívio para as famílias que mais precisam”. O presidente do TRT, Paulo Pimenta, destacou que a ação nasceu voluntariamente, com o engajamento de todo o pessoal do tribunal, numa demonstração de solidariedade.

A ajuda chegou em boa hora para a família da doméstica Eliane dos Santos e do cabeleireiro Cleiton Goulart. Ela perdeu o emprego, com a crise do novo coronavírus. Ele ainda tenta se manter, com a pouca clientela. “Essa ajuda é ótima. A despensa já estava vazia. Somos três pessoas em casa e com a cesta conseguimos nos abastecer por um mês”, comemora Eliane. Valéria Alves de Souza, dois filhos, também recebeu a cesta como um fôlego no orçamento doméstico. “É uma excelente ajuda para esse momento de extrema dificuldades”, disse.

A seleção das famílias foi feita pela equipe social da Agehab, composta de assistentes sociais, com a ajuda dos síndicos, por meio de uma consulta prévia junto aos moradores dos grupos por meio dos grupos de WhatsApp dos condomínios. A distribuição foi rápida, sem aglomeração e com todas as medidas de segurança. Estiveram presentes na ação também o diretor geral do TRT, Ricardo Lucena, o diretor de Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica da Agehab, Lucas Gouveia, o secretário geral Lucas Fernandes e a gerente de Serviço Social e Cadastro, Rutineia Almeida.