Convocados do Aluguel Social devem entregar documentação até quinta-feira (23/12) para receber benefício ainda em dezembro

Inscrições do Aluguel Social estão abertas de maneira permanente, mas beneficiários já convocados que entregarem documentação até quinta-feira (23/12) receberão o cartão do benefício ainda este mês, em evento programado para a última semana de 2021. Objetivo é iniciar a liberação dos recursos a pelo menos 3 mil beneficiários de Goiânia ainda em dezembro

 

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), recebe até quinta-feira (23/12), a documentação comprobatória exigida legalmente dos candidatos convocados do Aluguel Social interessados em iniciar o recebimento do benefício ainda em 2021. A entrega pode ser feita preferencialmente pela internet ou nos postos de atendimento presenciais, o que inclui a sede da Agehab, no Setor Aeroporto, ou seis unidades Vapt Vupt espalhadas por Goiânia. A data é o limite para que a equipe da Agehab consiga analisar a documentação e possa iniciar a liberação do benefício ainda neste mês.

 

O programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social está com inscrições abertas de forma permanente, e todos que comprovarem que se encaixam nos requisitos sociais e econômicos estipulados pela lei serão atendidos. A meta é atingir ao menos 30 mil famílias em todo o Estado. Os beneficiários já convocados que eventualmente não conseguirem entregar a documentação, nesta semana, serão atendidos da mesma forma durante o mês de janeiro de 2022, embora percam a chance de iniciarem o recebimento do Aluguel Social ainda em 2021.

 

Pela internet é possível entregar todos os documentos solicitados de maneira digitalizada pelo site www.agehab.go.gov.br. Também é possível fazer a entrega pessoalmente na sede da Agehab, na rua 18-A, número 541, Setor Aeroporto, próximo à Praça do Avião, das 8h às 17h. Uma terceira alternativa é buscar um dos Vapt Vupt mais próximos. A Agehab montou postos de atendimento nas unidades da Praça da Bíblia, Portal Shopping, Shopping Passeio das Águas, Avenida Mangalô (Região Noroeste), Campinas e Araguaia Shopping.

 

A Agehab tem divulgado, em seu endereço na internet, as listas de convocados de Goiânia e de Aparecida de Goiânia que tiveram inscrições aprovadas. É preciso que os candidatos fiquem atentos para não perder a oportunidade. As inscrições são analisadas por ordem cronológica de entrada no sistema.

 

O presidente da Agehab, Pedro Sales, ressalta que é importante que as pessoas sigam com atenção a lista de documentos que devem ser entregues. “Sabemos da necessidade e da urgência de muitas famílias, mas precisamos checar toda a documentação que comprove a situação de vulnerabilidade. Vamos atender a todos que se enquadrarem, conforme nossas possibilidades de análise das informações. Pedimos que as famílias se empenhem para trazer a documentação, pois também estamos empenhados em atender o mais rápido possível aquelas que não já podem mais esperar. Nossas equipes estão trabalhando de forma intensa”, destaca.

 

Documentos

Interessados devem providenciar desde já os documentos necessários, incluindo o Cadastro Único (CadÚnico) no município (no caso, Goiânia ou Aparecida), que deve ser tirado ou renovado no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo de casa. Uma equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social de Goiânia está atendendo nesta semana na sede da Agehab dando suporte aos beneficiários que possuem pendências em seus cadastros.

 

Além do CadÚnico atualizado no município onde vive, outros requisitos para pleitear a participação no programa são superendividamento, ser pessoa e/ou família em vulnerabilidade socioeconômica, ter mais de 18 anos ou ser emancipado e morar no município por no mínimo três anos. A relação completa também está na lista, no site da Agência. Alguns grupos são prioritários, como idosos, pessoas com deficiência e vítimas de violência doméstica. Também podem participar estudantes da Universidade Estadual de Goiás (UEG) e beneficiários do Programa Universitário do Bem (ProBem). Como todos os candidatos, estudantes também devem estar enquadrados nos requisitos básicos.

 

Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social

Nova linha de atendimento contra o déficit habitacional em Goiás, o Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social visa combater a falta de moradias de maneira emergencial, com subsídio para locação de imóveis. “O objetivo é atender até 30 mil famílias com recursos do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), atuando com a urgência que o momento de pandemia exige”, reafirma o governador Ronaldo Caiado. O recurso mensal de R$ 350 será concedido por 18 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

 

 

Serviço

Assunto: Beneficiários convocados do Aluguel Social devem entregar documentação nesta semana para serem atendidos ainda em 2021

Quando: Até a próxima quinta-feira (23/12)

Onde: No site www.agehab.go.gov.br; presencialmente, na Agehab – Rua 18-A, 541, Setor Aeroporto, Goiânia; ou em unidades Vapt Vupt da capital (Praça da Bíblia, Portal Shopping, Shopping Passeio das Águas, Avenida Mangalô, Campinas e Araguaia Shopping)

 

Agência Goiana de Habitação (Agehab) – Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.